220px-Agatha_Christie_3Agatha Mary Clarissa Christie (Agatha Mary Clarissa Miller; nasceu em Torquay, Devon, Inglaterra, Reino Unido, 15 de setembro de 1890 sendo a terceira filha de um rico americano e faleceu em Wallingford, Oxfordshire, Inglatera, Reino Unido em 12 de janeiro de 1976), popularmente conhecida como Agatha Christie, foi uma escritora britânica que atuou como romancista, contista, dramaturga e poetisa. Destacou-se no subgenero romance policial, tendo ganhado popularmente, em vida, a alcunha de “Rainha/Dama do Crime”. Durante sua carreira, publicou mais de oitenta livros, alguns sob o pseudônimo de Mary westmacott.

Christie e a romancista mais bem sucedida da história da literatura mundial em número total de livros vendidos segundo o Guiness Book, suas obras juntas, venderam cerca de quatro bilhões de copias ao longo dos séculos XX e XXI, só ficando atrás das obras vendidas de William Shakespeare e a  bíblia. Já foram traduzidas para mais de 100 idiomas em todo o mundo. Seu livro mais vendido publicado no Brasil como “E não sobrou nenhum”, ou ” O caso dos dez negrinhos”, de 1939, comercializou mais de 100 milhões de cópias em todo o mundo. A obra de romance policial mais vendida da história, além de figurar na lista dos livros mais vendidos de todos os tempos, independentemente de seu gênero.

Em 1971, foi condecorada pela rainha do Reino Unido, Elizabeth II, com o título de Dama do Império Britânico, um honra equivalente feminino ao sir. Escreveu setenta e dois romances, sendo sessenta e seis deles do gênero romance policial e inúmeros contos, reunidos em quatorze coletâneas. É constantemente referida por seus emblemáticos personagens, incluindo o detetive belga Hercule Poirot e a idosa detetive amadora Jane Marple, ou Miss Marple. 

Vida

O pai de Agatha, Frederick, passava a maior parte do tempo viajando; já a mãe, Clara, era uma mulher muito tímida, de quem Agatha herdou boa parte de sua personalidade. O casal tinha mais dois filhos, Madge e Monty, ambos mais velhos que Agatha. Em 1896, mudou-se com a família para a Franca. Embora Madge e Monty recebessem uma educação formal, a mãe decidiu que a filha mais nova deveria começar a estudar antes dos 8 anos. Ate os quatorze anos Agatha praticamente só foi educada em casa, tendo diversos tutores e professores particulares. Seu pai morreu quando ela tinha apenas 11 anos, e apartir de então Agatha começou a viajar para vários lugares do mundo com a mãe. Aos 16 anos, foi para uma escola de aperfeiçoamento em Paris, onde se destacou como cantora e pianista. 

Conheceu o Coronel Archibald Christie, piloto do Corpo Real de Aviadores em 1912, e manteve com ele um romance tempestuoso. Casaram-se em 24 de dezembro de 1914. Enquanto o marido esteve na Primeira Guera Mundial, Agatha trabalhou em um hospital e em uma farmácia, funções que influenciaram se trabalho: muitos dos assassinatos em seus livros foram cometidos com o uso de veneno.

Início na literatura

 Começou a escrever The Mysterious Affair at Styles em 1916, e o livro foi publicado em 1920 pela editora Bodley Head vendendo cerca de 2.000 cópias, após ser rejeitado por 6 editoras. Em seguida vieram The Secret Adversary, The murder on the Links, The man in the Brown Suit, Poirot Investigates e The Secret of Chimneys. Mas o sucesso veio em 1926 com a publicação de The Murder of Roger Ackroyd, que vendeu 5.000 cópias. O livro causou polêmica, pois Agatha contrariou as regras dos romances policiais.  

Desaparecimento

No final de 1926, Archie pediu a Agatha o divórcio e revela que está apaixonado por Nancy Neele.  Em 3 de dezembro de 1926, os Christies brigaram, e Archie deixou sua casa, em Styles, em Sunningdale, Berkshire, para passar o fim de semana com sua amante e alguns amigos em Godalming, Surrey. Naquela mesma noite, por volta das 21h45, Christie desapareceu de sua casa. Na manhã do dia 04 de dezembro seu carro foi encontrado em um barranco no lago de Silent Pool em Newlands Corner, com os faróis acesos. Dentro do Morris Cowley verde foram deixados um casaco de pele, a sua mala e uma carteira de motorista vencida.  Seu desaparecimento causou protestos do público. O secretário do Interior , William Joynson-Hicks , pressionou a polícia e um jornal ofereceu uma recompensa de 100 libras. Mais de mil policiais, 15 mil voluntários e vários aviões vasculharam a paisagem rural. O desaparecimento de Christie foi destaque na primeira página do The New York Times. Apesar da extensa perseguição, ela não foi encontrada por 10 dias.

Já se passavam onze dias desde que seu carro fora encontrado no lago Silent Pool, e estava sendo procurada por aviões (foi a primeira que se usou aviões para buscar alguém desaparecido na Inglaterra), quando a policia soube que ela estava no Hydropathic Hotel (hoje Old Swan Hotel), em Harrogate. Agatha chegou lá de taxi no dia 04 de dezembro levando consigo apenas uma mala.

A autora estava hospedada sob o nome de Teresa Neele (o mesmo sobrenome da amante do marido), dizendo ser da cidade do Cabo, e explicando que era uma mãe de luto pela morte do filho. No hotel, Agatha foi vista dançando, jogando bridge, fazendo palavras cruzadas e lendo jornais. Curiosamente, a autora deixou um anúncio no The Times dizendo que Tereza Neele procurava parentes e amigos da África do Sul; interessante ressaltar que a irmã de Agatha, Madge, morreu em 1923, após voltar do país africano. A autora foi reconhecida no hotel pelo músico Bob Sanders Tappin, que reivindicou a recompensa de 100 libras. Sanders disse que se dirigiu à autora como “Mrs. Christie” e que essa respondeu-lhe, mas disse que estava sofrendo de amnésia.

Controvérsias

Várias teorias foram criadas para explicar o falso desaparecimento da autora, algumas pessoas defendem que o escândalo foi um golpe publicitário para aumentar a venda de um dos livros (The Murder of Roger Ackoyd lançado semanas antes do desaparecimento, continuava na lista de Best-sellers que, em “O Retrato”, publicado sob o nome de Mary Westmacott, Agatha conta muito da sua história através da personagem Celia, que pensa em suicídio após ser abandonada pelo marido.

O filme de 1979 de Michael Apted , Agatha apresenta um aviso nos créditos de abertura, afirmando que o que se segue é uma solução imaginária para um autêntico mistério. O filme estrelou Vanessa Redgrave e Timothy Dalton como Agatha e Archie, e retrata Christie planejando o suicídio de tal forma a enquadrar a amante de seu marido por seu “assassinato”. Um repórter americano, interpretado por Dustin Hoffman, a segue de perto e interrompe o plano. Os herdeiros de Christie, sem sucesso, processaram para impedir a distribuição do filme. O autor Jared Cade entrevistou inúmeras testemunhas e parentes para sua simpática biografia Agatha Christie e os Onze Dias Perdidos, revisados ​​em 2011. Ele forneceu evidências substanciais para sugerir que ela planejou o evento para envergonhar seu marido.

Os Christies se divorciaram em 1928 e Archie se casou com Nancy Neele. Agatha manteve a custódia de sua filha Rosalind e o nome Christie por sua escrita. Durante o casamento, ela publicou seis romances, uma coleção de contos e uma série de contos em revistas.

O segundo casamento e o retorno à literatura

Em 1927 Agatha voltou a escrever, com a publicação de The Big Four, protagonizado por Hercules Poirot. Mesmo após o escândalo de seu desaparecimento, Agatha só se separou de Archibals em 1928, dois anos após o incidente. No outono do menmo ano, o arqueólogo britânico Leonard Woolley convidou Agatha para o Oriente Médio, onde estava no comando de escavações em Ur. No ano seguinte Agatha voltou a Ur, onde conheceu o jovem assistente de Woolley, Max Mallowan (14 anos mais jovem que ela), com quem se casou em 1930. A autora manteve seu nome como Agatha Christie porque assim era conhecida entre seus leitores, mas em sua vida particular era chamada de Mrs. Mallowan. Com o marido Agatha viajou por todo o mundo, fazendo escavações e tomando conhecimento sobre arqueologia, e escreveu um livro sobre a experiência, Come, Tell me How You Live. O casamento com Mallowan duraria até a morte da escritora. Sua única filha, Rosalind casou-se no início da Segunda Guerra Mundial, e em 1943 teve um filho, Mathew Prichard, o único neto de Agatha Christie.

Em 1934, Agatha Christie alcança o auge de sua carreira, com um de seus livros mais famosos. Murder on the Orient Express, adaptado para o cinema, teatro e TV em incontáveis ocasiões, sendo a mais famosa delas em 1974 do romance, que rendeu um Óscar a Ingrid Bergman, e três prêmios BAFTA- British Academy of Filme and Television Arts. Só no ano de lançamento do filme, o romance original vendeu 3 milhões de cópias.

O legado de Agatha

Ao contrário dos irmãos, Agatha nunca teve chance de fequentar a escola publica e foi educada pela mãe, num ambientequase recluso onde Agatha interessou-se pela música clássica e sonhava em ser cantora lírica. Agatha chegou até mesmo a estudar música em Paris. Em sua infância, também através da mãe, teve o primeiro contato com a literatura.

Em seus 56 anos de carreiraAgatha Christie escreveu mais de 80 livros, fora as várias peças teatrias e adaptações cinematográficas e adaptações televisivas de suas obras, protagonizadas por Hercule Poirot, o detetive belga popularizado pelo uso de suas “células”, e Miss Marple, a solteirona, que observando a natureza humana pode solucionar os mais obscuros mistérios. 

Guinness

Agatha foi uma das autoras mais férteis do mundo. Ela está no Guinness Book o livro dos recordes, como a autora mais vendida no mundo: seus livros já venderam mais de 4 milhões de cópias em 103 idiomas e os royalties gerados pelas obras são de US$ 4 milhões por ano. A autora também ocupa um lugar no Guinness pela peça teatral de maior duração do mundo: The Mousetrap estreou em 25 de novembro de 1952 no Ambassadors Theatre em Londres, em 25 de março de 1974 foi para St. Martin´s Theatre, e continua lá até hoje.

miss Marple
Miss Maple

Outro recorde é o livro mais espesso do mundo, medindo mais de 30 cm, com 4032 páginas nas quais estão incluídos todos os 12 romances e 20 contos protagonizados por Miss Marple. The Complete Miss Marple é um dos livros mais raros da escritora. Foram produzidos apenas 500 volumes, e o livro é vendido por 1000 libras

 

Trabalho

Romances

1920 The Mysterious Affair at Styles (apresentando Hercule Poirot, Inspetor-Chefe Japp e Capitão Hastings)
1922 O Adversário Secreto (apresentando Tommy e Tuppence)
1923 Assassinato nos Links
1924 O homem de terno marrom
1925 O Segredo das Chaminés
1926 O assassinato de Roger Ackroyd
1927 The Big Four
1928 O Mistério do Trem Azul
1929 O mistério dos sete mostradores
1930 The Murder at the Vicarage (apresentando Miss Jane Marple)
1931 O Mistério de Sittaford (também conhecido como Assassinato em Hazelmore)
Perigo de 1932 na casa final
1933 Lord Edgware morre (também conhecido como treze no jantar)
1934 Assassinato no Expresso do Oriente
1935 Three Act Tragedy (também conhecido como Assassinato em Três Atos)
1935 Por que eles não pediram a Evans? (também conhecido como The Boomerang Clue)
1935 Morte nas Nuvens (também conhecida como Morte no Ar)
1936 O A.B.C. Assassinatos (também conhecidos como os assassinatos do alfabeto)
1936 Assassinato na Mesopotâmia
1936 cartas na mesa
1937 Morte no Nilo
1937 Dumb Witness (também conhecido como Poirot perde um cliente)
1938 Nomeação com Morte
1939 e então não havia nenhum (também conhecido como dez pequenos índios)
1939 O assassinato é fácil (também conhecido como fácil de matar)
1939 Hercule Poirot’s Christmas (também conhecido como Assassinato de Natal e Um Feriado por Assassinato)
1940 Sad Cypress
1941 Mal sob o sol
1941 N ou M?
1941 Um, dois, fivela meu sapato (também conhecido como uma overdose de morte e os assassinatos patrióticos)
1942 O corpo na biblioteca
1942 Cinco Porquinhos (também conhecido como Assassinato em Retrospecto)
1942 O dedo em movimento
1944 para o zero
1944 Cianureto Espumante (também conhecido como Morte Lembrada)
1945 a morte vem como o fim
1946 The Hollow (também conhecido como Murder After Hours)
1948, tomado no dilúvio (também conhecido como há uma maré)
Casa Cromada de 1949
1950 Um assassinato é anunciado
1951 Eles vieram para Bagdá
1952 Mrs McGinty’s Dead (também conhecido como Blood Will Tell)
1952 eles fazem isso com espelhos
1953 um bolso cheio de centeio
1953 Depois do Funeral (também conhecido como Funerals Fatal and Murder at the Gallop)
1955 Hickory Dickory Dock (também conhecida como Hickory Dickory Death)
1955 Destination Unknown (também conhecido como So Many Steps to Death)
1956 A loucura do homem morto
1957 4.50 De Paddington (também conhecido como What Mrs. McGillycuddy Saw)
1957 Ordeal pela inocência
1959 gato entre os pombos
1961 O Cavalo Pálido
1962 O Espelho Crack’d de um lado para o outro (também conhecido como The Mirror Crack’d)
1963 os relógios
1964 Um mistério caribenho
1965 No Hotel Bertram’s
Terceira menina de 1966
1967 noite sem fim
1968 pela picada dos meus polegares
Festa do Dia das Bruxas de 1969
1970 passageiros para Frankfurt
1971 Nemesis
1972 elefantes podem recordar
1973 Akhnaton – uma peça em três atos
1973 Postern of Fate (final Tommy e Tuppence, último romance que Christie escreveu)
1975 Curtain (o último caso de Poirot, escrito quatro décadas antes)
1976 Sleeping Murder (último caso de Miss Marple, escrito quatro décadas antes

Coleções de histórias curtas

1924 Poirot Investiga (onze histórias curtas)
1929 Partners in Crime (quinze contos)
1930 O misterioso Sr. Quin (doze contos; apresentando o Sr. Harley Quin)
1933 O Cão da Morte (doze pequenos mistérios)
1933 Os Treze Problemas (treze pequenos mistérios; com Miss Marple, também conhecido como The Tuesday Club Murders)
1934 Parker Pyne Investigates (doze pequenos mistérios; apresentando Parker Pyne e Ariadne Oliver, também conhecido como Mr. Parker Pyne, detetive)
1934 O mistério de Listerdale (doze pequenos mistérios)
1937 Murder in the Mews (quatro contos; com Hercule Poirot)
1939 O Mistério da Regata e Outras Histórias (nove contos)
1947 Os trabalhos de Hércules (doze mistérios curtos; caracterizando Hercule Poirot)
1948 O testemunho da acusação e outras histórias (onze histórias curtas)
1950 Três Ratos Cegos e Outras Histórias (nove contos)
1951 The Under Dog e outras histórias (nove contos)
1960 A Aventura do Pudim de Natal (seis contos)
1961 Double Sin e outras histórias (oito contos)
1971 A bola de ouro e outras histórias (quinze contos)
1974 Os Casos Iniciais de Poirot (dezoito mistérios curtos)
1979 Casos finais de Miss Marple e duas outras histórias (oito histórias curtas)
1992 Problema na Baía de Pollensa (oito contos)
1997 The Harlequin Tea Set (nove histórias curtas)
Trabalhos co-escritos

1930 Behind The Screen escrito em conjunto com Hugh Walpole, Dorothy L. Sayers, Anthony Berkeley, E. C. Bentley e Ronald Knox do Detection Club. Publicado em 1983 na Scoop and Behind The Screen.
1931 The Scoop escrito em conjunto com Dorothy L. Sayers, C. C. Bentley, Anthony Berkeley, Freeman Wills Crofts e Clemence Dane do Clube de Detecção. Publicado em 1983 na Scoop and Behind The Screen.
1931 O Almirante Flutuante escreveu junto com G. K. Chesterton, Dorothy L. Sayers e alguns outros membros do Clube de Detecção.
Reproduções adaptadas em romances de Charles Osborne

1998 Café Preto
2001 O convidado inesperado
2003 A Teia da Aranha

Obras escritas como Mary Westmacott

1930 Pão Gigante
Retrato inacabado de 1934
1944 Ausente na primavera
1948 A rosa e o teixo
1952 A filha é filha
1956 O ônus
Tocam

1928 Álibi
Café Preto 1930
1936 Amor de um estranho
1937 ou 1939 Uma Filha é uma Filha (Nunca Realizada)
Perigo de 1940 na casa final
1943 E então não havia nenhum (aka dez pequenos índios)
1945 Nomeação com Morte
1946 Assassinato no horizonte do Nilo / Hiddon
1949 Assassinato no Vicariato (dramatizado de seu romance por Moie Charles e Barbara Toy)
1951 The Hollow
1952 A Ratoeira
1953 Testemunha da acusação
1954 A Teia da Aranha
1956 para o zero
1958 Veredicto
1958 O convidado inesperado
1960 Voltar para Assassinato
Regra de três de 1962
1972 Fiddler’s Three (Originalmente escrito como Fiddler’s Five. Nunca publicado. Final play ela escreveu.)
1973 Aknaton (escrito em 1937)
1977 o assassinato é anunciado
1981 Cartões na Mesa
Problema 1992 na baía de Pollensa
1993 o assassinato é fácil
2005 e então não havia nenhum
Reproduções de rádio

1937 a íris amarela
1947 Três Ratos Cegos (A Ratoeira)
Manteiga 1948 em um prato Lordly
1960 Chamada Pessoal
Jogos de televisão

1937 Ninho de Vespa
Adaptações de filmes
Agatha Christie não é estranha ao cinema. Nos últimos 78 anos, Poirot, Miss Marple, Tommy e Tuppence, Quin, Parker Pyne e muitos outros foram retratados em diversas ocasiões:

1928 Die Abenteuer G.m.b.H. (O Adversário Secreto)
1928 A passagem do Sr. Quinn
1931 Álibi
1931 Café Preto
1934 Lord Edgware morre
1937 amor de um estranho
1945 e depois não havia nenhum
1947 amor de um estranho
1957 Testemunha da acusação
1960 a teia da aranha
1962 Murder, She Said (baseado em 4.50 De Paddington)
1963 Assassinato no Galope (Baseado no Após o Funeral)
1964 Murder Most Foul (Baseado na Sra. McGinty’s Dead)
1964 Assassinato Ahoy! (Um filme original, não baseado em nenhum dos livros)
1966 e depois não havia nenhum (dez pequenos índios)
1966 os assassinatos do alfabeto (baseado nos assassinatos de ABC)
1972 noite sem fim
1974 Assassinato no Expresso do Oriente
1975 E Então Não Havia Nenhum (Dez Pequenos Índios)
1978 Morte no Nilo
1980 O Espelho Crack’d
1982 O mal sob o sol
1984 provação pela inocência
1988 Nomeação com Morte
1989 E Então Não Havia Nenhum (Dez Pequenos Índios)

Televisão

1938 amor de um estranho
1947 amor de um estranho
1949 Dez Pequenos Índios
1959 Dez Pequenos Índios
1970 Assassinato no Vicariato
1980 Por que eles não perguntaram a Evans?
1982 A Teia da Aranha
1982 o mistério de sete mostradores
1982 A Hora de Agatha Christie
1982 o assassinato é fácil
1982 A Testemunha da Promotoria
1983 parceiros no crime
1983 Um mistério caribenho
1983 Cianeto Espumante
1984 O Corpo na Biblioteca
1985 assassinato com espelhos
1985 O Dedo em Movimento
1985 Um assassinato é anunciado
1985 um bolso cheio de centeio
1985 treze no jantar
1986 loucura do homem morto
1986 assassinato em três atos
1986 Assassinato no Vicariato
1987 Assassinato Adormecido
1987 No Hotel Bertram’s
1987 Nêmesis (Christie)
1987 4,50 De Paddington
1989 o homem no terno marrom
1989 Poirot de Agatha Christie
1989 Um mistério caribenho
Perigo 1990 na casa da extremidade
1990 O Caso Misterioso em Estilos
1991 eles fazem isso com espelhos
1992 O Espelho Crack’d de um lado para o outro
1994 Natal de Hercule Poirot
1995 Assassinato nos Links
1995 Hickory Dickory Dock
1996 testemunha muda
1997 O Cavalo Pálido
2000 O assassinato de Rodger Ackroyd
2000 Lord Edgware morre
2001 mal sob o sol
2001 Assassinato no Expresso do Oriente
2001 Assassinato na Mesopotâmia
2003 Cianeto Espumante
2004 Cinco Porquinhos
2004 Morte no Nilo
2004 Sad Cypress
2004 The Hollow
2004 Marple (peça de TV)
2004 O Corpo na Biblioteca
2004 Assassinato no Vicariato
2004 Nomeação com Morte
2005 Um assassinato é anunciado
2005 O Mistério do Trem Azul
2005 cartões na mesa
2005 Assassinato Adormecido
2005 tomado na inundação
2006 depois do funeral
2006 o dedo movente
2006 pela picada dos meus polegares
2006 O Mistério Sittaford
2007 Hercule Poirot’s Christmas (Uma adaptação cinematográfica francesa)

Videogames

1988 The Scoop, publicado pela Spinnaker Software e Telarium
2005 e então não havia nenhum, a empresa de aventura, jogos de AWE
Assassinato de 2006 no Expresso do Oriente, Dream Catcher Interactive

Material não publicado

Neve no Deserto (romance)

A loucura de Greenshore (novela, caracterizando Hercule Poirot)

Chamada Pessoal (peça de rádio, com o Inspetor Narracott – uma gravação está no British National Sound Archive)

Manteiga em um prato Lordly (peça de rádio)

O portão verde (sobrenatural)

A Noiva de Guerra (sobrenatural)

A mulher e o queneu (horror)

Mais forte que a morte (sobrenatural)

Animação

Em 2004, a emissora japonesa Nippon Housou Kyoukai (NHK) transformou Poirot e Marple em personagens de animação na série de anime Agatha Christie’s Great Detectives Poirot e Marple, apresentando Mabel West (filha do escritor de mistério de Miss Marple Raymond West, um Christie canônico pers

onagem) e seu pato Oliver como novos personagens.

Agatha Christie em ficção

Dame Agatha aparece como uma das personagens principais, com Dorothy L. Sayers, no misterioso assassinato de assassinatos de Dorothy e Agatha por Gaylord Larsen. ISBN 052524865X

O caso de chocolates envenenados por Anthony Berkeley contém caracteres baseados em Christie, Sayers, John Dickson Carr e Chesterton. ISBN 0862208203

O filme Agatha (1979) trata de uma solução fictícia para o verdadeiro mistério do desaparecimento de Agatha Christie em 1926.

Agatha Christie. (2019, February 8). New World Encyclopedia, . Retrieved 15:21, April 17, 2019 from http://www.newworldencyclopedia.org/p/index.php?title=Agatha_Christie&oldid=1017958.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s