Festa do dia dos mortos no México, entenda seu significado

595588_1224x

Diferentemente do nosso Dia de Finados no Brasil que é uma data um pouco triste, no México é uma comemoração bastante animada e agitada, por lá essa é uma época com várias festividades e muita homenagem aos antepassados.

Com o tempo, essa tradição tem se tornado cada vez mais famosa, o que faz com que pessoas de todo o mundo visitem o México nessa época do ano para participar dessas celebrações e entender melhor sobre a cultura e as crenças mexicanas.

Qual é a origem do Dia dos Mortos no México?

O Dia dos Mortos no México não é apenas um dia. Essa época é celebrada entre os dias 31 de outubro e 2 de novembro. A festa, que é considerada patrimônio da Humanidade pela Unesco, reúne familiares e amigos para celebrar a visita dos antepassados à Terra. Acredita-se que essa tradição tenha começado há muitos anos, antes mesmo da chegada dos espanhóis à América.

Os povos astecas, que habitavam o México antes da colonização espanhola, acreditavam que a vida era uma prolongação da morte  era apenas mais uma etapa de um ciclo, assim como todos os outros observados na natureza, como as chuvas e as secas, a primavera e o outono e assim por diante.

Era por isso que, naquela época, os mortos eram enterrados com roupas, joias e todos os seus pertences.

Para os astecas, quando uma pessoa morria, não era motivo de tristeza, mas sim de felicidade, porque ela estava morando com os Deuses. Por isso, eles tinham no seu calendário um mês inteiro dedicado à morte, com várias festas animadas cheias de bebidas, comidas e muita diversão.

Quando os missionários católicos chegaram no México, eles tentaram acabar com esses costumes e crenças antigas, especialmente de cultuar os mortos, porém a única coisa que conseguiram foi transferir essas festividades para as datas católicas: dia de todos os santos, comemorado em primeiro de novembro, e dia de finados, celebrado em 2 de novembro.

Foi a partir desse sincretismo religioso que nasceu o Dia dos Mortos no México como conhecemos hoje.

Como é celebrado o Dia dos Mortos no México atualmente?

Hoje, os mexicanos acreditam que, entre 31 de outubro a 2 de novembro, os “laços” que ligam o mundo dos vivos ao dos mortos está mais tênue, o que permite que os falecidos retornem à Terra e passeiem visitando seus familiares e amigos.

Cada dia possui um significado próprio para os mexicanos. Na virada de 31 de outubro para primeiro de novembro, eles celebram as almas que faleceram quando crianças (a data é chamada de “Dia de los Angelitos”) e no dia seguinte a festa é dedicada aos falecidos adultos.

Por isso, são muitos os detalhes que compõem essa festa. Um dos mais conhecidos são as oferendas, ou seja, “presentes” dados aos mortos.

Além das oferendas, também é normal encontrar altares coloridos e adornados com imagens dos falecidos e, claro, as tradicionais caveiras mexicanas, que podem aparecer em pintura de rostos, doces e muitos outros.

Outra tradição é que, algumas famílias costumam ir até as tumbas dos falecidos, abrir os túmulos e limpar os restos mortais. Depois, eles são recolocados de volta ao local para continuarem descansando.

Publicado por Vania Tavares

Eu sou casada, formada em letras pela Universidade Estadual de Goiás. Apaixonada por livros e escrever.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: